domingo, 28 de outubro de 2012

NA SOMBRA DA MONTANHA

A montanha domina a Ilha do Pico, tutela-a omnipresente. Vi-a pela primeira vez ainda dentro do avião, emergindo sobre um tufo de nuvens e depois fui aprendendo a apreciá-la dos mais diversos quadrantes enquanto estive na Madalena. Na vila, enquanto prosseguem as obras do terminal de passageiros, operários de diversas latitudes, locais, todos parecem acordar e deitar indiferentes à sua presença. Mas ela está lá, paira sobre os telhados das casas, sobre as gruas, sobre as mais imprevisíveis e erráticas conjunturas. Está e continuará a estar. Sempre que à sua volta se forma um anel branco de nuvens, sabe-se que vem lá mau tempo. Sempre que se ergue em toda a sua grandeza num dia pleno de sol e limpo de nimbos, a ilha parece viver e respirar de outra forma. pico 1 pico 2 pico 3

Sem comentários:

Publicar um comentário