quarta-feira, 3 de outubro de 2012

A VIDA CONTINUA NA RIBEIRINHA

A vida ali parece correr vagarosa, ao sabor do tempo. Uma carrinha chega de Santa Cruz transportando as crianças da escola. Dá uma volta à rotunda em frente à igreja e volta a seguir. Aqui e ali, há pessoas a apanhar o milho e outras a colocá-lo nas burras. A maioria já só o planta para o dar aos animais que ali vão mais à frente, seguidos por uma mulher. 21 i 21 j 21 g 21 h

Sem comentários:

Publicar um comentário