quarta-feira, 3 de outubro de 2012

NA PONTA DA BARCA

O cilindro branco listado a preto ao fundo da estrada é o Farol da Ponta da Barca, um edifício de 1930 que já teve a sua quota-parte de intempéries e rajadas de vento. Por baixo, a baía, os rochedos, o mar varrido pelo vento e a rocha conhecida como "baleia de pedra". Para fotografar a maldita "baleia de pedra" vi-me em palpos de aranha por causa do vento que sacudia a máquina fotográfica compacta que tive de segurar como um desesperado. 21 6 21 7 21 8 21 9

Sem comentários:

Publicar um comentário