quinta-feira, 15 de novembro de 2012

SANTA LUZIA EM DIA DE PROCISSÃO

O céu turvo abate-se sobre as cabeças dos paroquianos da pequena freguesia de Santa Luzia. O vento faz rodopiar as bandeirinhas coloridas em redor da Igreja, construída em 1723 após uma erupção vulcânica na zona. Padre e congregação interrogam-se se deverão manter a procissão ou não. O andor sai numa súbita e benigna aberta que o céu concedeu aos fiéis, dá uma volta à pequena praça varrida pelo vento frio e regressa ao templo. pico 130 pico 131 pico 132 pico 133

Sem comentários:

Publicar um comentário