sábado, 3 de novembro de 2012

PELA CRIAÇÃO VELHA

Quem dera poder ter chegado mais cedo. De qualquer forma, boto as costas para o mar de respeito da Areia Larga e enveredo pelo labirinto de muros negros dos "currais" de vinha, um Património da Humanidade que me recorda o trabalho árduo de gerações. Hoje, o vinho do Pico ganhou de novo fôlego e crédito mas ali testemunho o passado, como as "rola-pipas" rasgadas junto ao mar na rocha negra para escoar o "verdelho" para a Horta. pico nuno pico 17 rola pipas pico 15

Sem comentários:

Publicar um comentário