domingo, 10 de fevereiro de 2013

A DESCER DA LAGOA BRANCA PARA A FAJÃ GRANDE

Apesar da água e lama e pedregulhos escorregadios, aquele foi o dia ideal para descer do planalto até lá abaixo à Fajã Grande. Lá em cima, da Rocha da Fajã, antes de começar a descer por um caminho em escadaria que vai ter muito perto do Poço do Bacalhau, tem-se uma vista deslumbrante dos terrenos da Fajã, outrora mais cultivados do que hoje em dia. Os animais, esses, estão em todo o lado, seja no fim de uma descida onde preciso de me ir agarrando às pedras e aos cedros do mato, seja em pastagens mais vastas. O planalto e a serra são deles. Flores 135 Flores 136 Flores 137

Sem comentários:

Publicar um comentário