sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

NA PONTA RUIVA

Na Ponta Ruiva, o Corvo mais uma vez a acompanhar-me os passos, peguei uma estrada de asfalto relativamente recente que liga este fim do mundo belo e pastoral à estrada principal Santa Cruz-Ponta Delgada. Como única companhia ao longo da estrada, um ou outro tractor e duas moto-quatro guiadas por jovens da zona. O ronco dos motores ouvia-se à distância de quilómetros. De vez em quando entravam dentro de pastagens, rodopiavam e voltavam à estrada. Quando me saudaram, lembrei-me que era domingo e aquela era provavelmente a sua diversão dominical. Flores 40 Flores 39 Flores 38

Sem comentários:

Publicar um comentário